Você já conhece o Diminut?

Diminut

Os anticoncepcionais são medicamentos que trouxeram uma considerável evolução na medicina. Isso porque eles se constituem em um importante meio de prevenção da gravidez e controle de natalidade, além de servir como tratamento para alguns problemas. O Diminut é um dos anticoncepcionais mais populares do mercado.

Ele está entre um dos anticoncepcionais mais procurados e isso se dá pelo fato de que ele supostamente traz diversos benefícios e tem um valor bem em conta, o que o torna ainda mais atrativo.

Ele, além de prevenir a gravidez, ajuda no tratamento dos ciclos menstruais irregulares. É indicado também para tratamentos de problemas hormonais femininos.

É um contraceptivo oral. Ele deve ser utilizado a partir do primeiro dia de menstruação e assim permanecer sendo consumido por 21 dias. Passados esses 21 dias, deve-se fazer uma pausa de 7 dias sem ingeri-lo e depois recomeçar o uso. É durante esse período de “descanso” que a menstruação ocorrerá.

Ela deve ser tomada regularmente, nos dias e horários prescritos, sem falta. Se a mulher passa um período maior que 12 horas do que o de costume sem tomar o medicamento, ele perde boa parte de sua eficácia. No período de pausa sem tomar ela mantém a sua eficiência. Ela começa a surtir efeito a partir da segunda cartela.

Efeitos adversos e males causados pelo Diminut

Há de se fazer uma pequena ressalva a respeito do Diminut. O uso de anticoncepcional já não é mais tão recomendado como antes, pelo fato de que provou-se que esse tipo de medicamento pode causar muitos males ao corpo da mulher. Contudo, mulheres com problemas hormonais, ovários policísticos e outros problemas precisam toma-los.

Uma das perguntas mais comuns a respeito dos efeitos colaterais a respeito do Diminut é com relação ao fato dele engordar ou emagrecer. Diversos relatos indicam que houve mulheres que engordaram com o uso desse anticoncepcional.

Outro efeito bastante frequente é o aparecimento e aumento de espinhas, cravos e manchas na pele, o que fez diversas mulheres trocarem de anticoncepcional ou até mesmo parar de toma-los.

Um malefício causado por essa medicação é o surgimento de distúrbios gástricos, tais como dores de estômago, enjoos e vômitos.

Ele pode causar também tensão mamária, dores de cabeça, manchas na pele e sangramentos intermenstruais.

Um efeito indesejado relativamente frequente é a perda de libido. É de se esperar que com a ingestão de hormônios haja um aumento na libido, mas um efeito adverso do Diminut é justamente essa perda do desejo sexual.

Tem havido constantes reclamações por parte de mulheres que usam essa medicação a ocorrência de trombose e tromboembolismo, o que é um relato bastante grave, além também de ocorrência de acidente vascular cerebral (AVC).

Evitando o uso de Diminut

Conforme citamos acima, algumas mulheres precisam, por algumas questões de problemas de saúde muito específicos, tomar o Diminut. Contudo, deve-se evitar ao máximo esse tipo de medicamento, pois está mais do que comprovado de que esse e alguns outros anticoncepcionais podem causar muitos males à mulher.

Saiba mais sobre o diminut no link: http://seuguiadesaude.com.br/diminut-emagrece/

Facebook Comments

POST A COMMENT.

cinco × um =